O poder do FEEDBACK

Olá Empreendedora!

Se existe um presente que todo líder deve dar ao seu liderado ou para qualquer outra pessoa que conheça se chama FEEDBACK! Você sabe o que é isso?!

Feedback não é uma simples “opinião pessoal”, não é um “conselho” ou uma “bronca”. FEEDBACK é uma orientação, uma consultoria de alguém que observou, analisou e comparou resultados e então está pronto para passar essa conclusão que está baseada em fatos e dados e não em emoções e sentimentos pessoais. E se o feedback for feito com eficácia, renderá frutos maravilhosos e proporcionará a quem recebe grandes oportunidades de mudanças e crescimento!

Quando você pode usar o FEEDBACK?

Em todos os momentos em que você não está satisfeito com os resultados gerados por um funcionário, quando acontecer um fato ou evento que não lhe agradou e você precisa ou consertá-lo ou evitar que aconteça novamente e toda vez que você se encontrar em uma situação que o seu parceiro, familiar, esposo (a),  filho, sócio etc… precisar saber que ele pode fazer mais e melhor, mas que às vezes não está enxergando. Por isso o feedback é um grande presente!Ele precisa ser BOM! Você foca nos fatos, não critica a pessoa! Seu intuito e desejo devem ser genuinamente em fazer aquela pessoa crescer e ser melhor do que ontem. Percebe?

E pensando nisso eu gravei esse vídeo incrível e quero compartilhar contigo essa ferramente que de tão poderosa, eu a uso não só com os meus funcionários mas com meus amigos e familiares, o feedback M.A.R.C.A
E eu te conto no vídeo abaixo todos os detalhes e de como eu aplico essa ferramenta em meu negócio.

Clique no link abaixo e aprenda! E não se esqueça de deixar seu comentário e compartilhar se te ajudou de alguma forma:

Vamos juntas!

Abraços!

Paula Dal Belo

E você? Está afiando o seu machado?

 

afiando-o-machado

Olá Empreendedora!

Quero compartilhar contigo uma história que muito tem a nos ensinar:

“No Alasca, um esporte tradicional é cortar árvores. Há lenhadores famosos, com domínio, habilidade e energia no uso do machado. Querendo tornar-se também um grande lenhador, um jovem escutou falar do melhor de todos os lenhadores do país. Resolveu procurá-lo.

– Quero ser seu discípulo. Quero aprender a cortar árvore como o senhor.

O jovem empenhou-se no aprendizado das lições do mestre, e depois de algum tempo achou-se melhor que ele. Mais forte, mais ágil, mais jovem, venceria facilmente o velho lenhador. Desafiou o mestre para uma competição de oito horas, para ver qual dos dois cortaria mais árvores.

O desafio foi aceito, e o jovem lenhador começou a cortar árvores com entusiasmo e vigor. Entre uma árvore e outra, olhava para o mestre, mas na maior parte das vezes o via sentado. O jovem voltava às suas árvores, certo da vitória, sentindo piedade pelo velho mestre.

Quando terminou o dia, para grande surpresa do jovem, o velho mestre havia cortado muito mais árvores do que o seu desafiante.

– Mas como é que pode? – surpreendeu-se. Quase todas as vezes em que olhei, você estava descansando!

– Não, meu filho, eu não estava descansando. Estava afiando o machado. Foi por isso que você perdeu.”

Aprendizado é um processo que não tem fim. Sempre temos algo a aprender. O tempo utilizado para afiar o machado é recompensado valiosamente. O reforço no aprendizado, que dura a vida toda, é como afiar sempre o machado.

E para nós, empreendedoras, como podemos afiar nosso machado?

Participando de cursos, workshops e grupos de estudos. Trocando ideias com outras empreendeodoras e empresárias para uma aprender com a outra.

De forma geral, movimente-se. Saia do lugar. Frequente lugares onde você pode agregar conhecimento relevante e crescer, assim como contribuir para o crescimento de alguém, É gratificante e a vida lhe dá em dobro.

Continue afiando o seu machado! Acompanhe nossas ações na fanpage https://www.facebook.com/lindatodabypauladalbelo/

 

Vem comigo! Vamos juntas!

Abraço,

Paula Dal Belo

www.pauladalbelo.com.br

Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente…

Olá Líder!!

E você? Como se adapta às mudanças?
É resistente ou é flexível? Resiliente?
Sabemos que muitas mudanças no decorrer da vida pessoal e profissional acontecem sem a nossa vontade. E outras, por escolha própria. Quer porque nos planejamos, porque percebemos a transformação do mercado, da cultura e hábitos e corremos atrás de nos adequar, saindo assim da nossa zona de conforto
😉

Essa frase de Charles Darwin nos faz pensar sobre a importância de estarmos em constante movimento na vida, quer seja para sobrevivência, como os animais e nós fazemos, quer seja na gestão do seu negócio. O movimento aqui significa estar atenta às mudanças ao seu redor, do seu concorrente, dos seus vizinhos, do comportamento de seus clientes. O que eles queriam ontem pode não ser o que eles desejam hoje.
A VIDA é dinâmica demais!!

Adaptar às mudanças também significa mover-se fisicamente, sair do seu negócio, da sua loja para desenvolver clientes em potencial, conhecer seus fornecedores, participar de rodadas de negócio, palestras, cursos etc. Ser vista! Ser lembrada também!
Mude. Mude sempre que precisar. Mude para melhor. Com critério, planejamento e muito empreendedorismo!!

Vamos juntas!
Abraço,
Paula Dal Belo

nao-e-o-mais-forte

Cuide de sua autoestima

Olá Líder!

✔️️Auto-estima: é quando alguém se vê como uma pessoa digna de ser amada, respeitada e valorizada, antes e acima de tudo, por si própria.

👎🏻Baixa auto-estima: é quando esse sentimento está abalado, destruído, impotente ou mesmo falido.

É quando você acha que todos são melhores do que você e que a sua vida não vale muito. Ou seja, todas as outras pessoas são mais felizes, mais bem sucedidas, mais bonitas, mais capazes…. Você está pra baixo 😞

💡Combata esses sintomas!!👊🏻👊🏻💪🏻💪🏻💪🏻

🌟Pare já com o péssimo hábito de se comparar com os outros. Você é única!! E cada um tem seus dons e seus talentos. Descubra os seus!!

🌟E por falar em talentos, busque o AUTO CONHECIMENTO! Descubra seus pontos fortes, isso aumentará seu valor próprio e auto confiança.

🌟Relacione-se com pessoas que te aceitam como você é. Seja você mesma sempre, seja autêntica e realista.

Lidere-se! A auto liderança é um grande desafio para todos. E quanto mais nos conhecemos e sabemos lidar com os nossos sentimentos, maiores as chances de crescermos e evoluirmos, como pessoa e como profissional!

Vamos juntas!

Abraço,

Paula Dal Belo

Liderança Empreendedora Feminina

auto-estima